O maravilhoso pet Chow Chow

A Origem do Chow Chow

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O maravilhoso pet Chow Chow

O Chow Chow é uma das mais remotas espécies de cães que foram criadas pelo homem sem que experimentasse grandes mudanças em suas propriedades. Há referências de esculturas do cachorro de mais de 4 mil anos e em registros escritos desde o ano de onze mil antes de Cristo.
A sua procedência, diferente do que diversas pessoas pensam, foi na Mongólia e não na China, isto porque historiadores asseveram que esta raça foi desenvolvida em nações que eram marcadas principalmente pela violência, como a civilização Mongol.
Com uma era cheia de conquistas na China, os mongóis levaram esse cão muito encantador para as terras chinesas. E eles eram chamados de cachorros de batalha, a todo o momento sendo representados como cachorros de aparência de leão, vigorosos e ainda muito poderosos. Diz-se que a escuridão da cavidade bucal que o Chow Chow tem, é de fato uma defesa contra os seres malígnos.

Características do Chow Chow

O Chow Chow é proporcional, de aparência leonina, porte vigoroso, respeitável e leal, todavia reservado. De modo geral, é bastante proporcional e ágil. Cada vez que você fala em Chow Chow, a primeira figura que aparece à tona é a sua grande língua azul escura.
Para os cachorros da pigmentação creme, o focinho com uma coloração mais clara é assentida, seu crânio é muito amplo, e seu stop é pouco saliente.
Apresenta pequeninos olhos negros e de formato ovular. É facultada uma cor equivalente à da pelagem nos cachorros azuis e cremes. As orelhas são pequeninas, densas e separadas. Seu dorso é estreito, reto e resistente, seu peitoral é largo e fundo, e seu rabo é levantado, envergado e bem inserido na garupa.
A pelagem do Chow Chow é excessiva, densa, e é capaz de ser alisada ou áspera, dura ao contato, com subpelo macio. A pigmentação é capaz de ser o preto unicolor, magenta, fulvo, azul, creme ou branco, com tonalidades, todavia sem manchas – sob a cauda e na face posterior das coxas a coloração é, no geral, menos escurecida.

Temperamento do cão Chow Chow

De modo geral, o Chow Chow tem temperamento calmo e equilibrado, porém é um cão reservado, independente, com forte sentimento de caça, defensor aficcionado e totalmente sincero ao dono. É considerado altamente protetor e pode, com o passar do tempo, mostrar-se excessivamente agressivo em relação às pessoas estranhas ao convívio familiar.
O ensino e a socialização precoce são imperativos para a raça que possui tendências a vir a ser birrenta e menos aberta ao adestramento depois de crescida. Caso você seja inexperiente e não possui voz firme, é aconselhável não possuir esta espécie, pois ela é muito resistente e dominadora. O treinamento enquanto filhote auxilia na constituição de personalidade e no ajuste à convivência com as pessoas. O Chow Chow, caso não seja acostumado com outras espécies desde cedo, pode se mostrar bastante agressivo e ofensivo.
Por não ter um porte avantajado e não precisar de tanto exercício, o Chow Chow é considerado um ótimo cão para pequenas residências, no entanto, precisa despender sua energia como qualquer outro cão, e nesse caso, passeios frequentes de coleira são aconselhados a fim de que não tornem-se destruidores.

Privilégios de ter um cão Chow Chow

É possível falar que, de fato, são os Chow Chow que acolhem os seus proprietários e não o oposto. Com indivíduos estranhos, eles são muito mais arredios. Por sua procedência como cão sentinela, o Chow Chow manteve sua natureza possessiva e como esporadicamente late, quando isto acontece é um sinal de que há motivos bem fortes para uma checagem.
Seu corpo e a pelagem abundante não aconselha exercícios em excesso principalmente ao longo dos momentos mais quentes do dia. Caso sejam demasiadamente exigidos, a coloração da língua vai enfraquecendo-se, o que é um indício claro de que devem descansar.
Mesmo que sua pelagem seja comprida, eles são uma espécie que não tem incômodos com caimento de pelo. Entretanto, essa raça tem que ser penteada a cada dia. Outra atenção relevante é no que concerne aos banhos, que não carecem de ser oferecidos em grande quantidade a fim de não complicar a oleosidade original da pele.

Problemas habituais do Chow Chow

Uma enfermidade que afeta a inúmeros Chow Chow é a Entropia, que é caracterizada por uma inflamação em seus olhos. Esta irritação é propiciada por uma anormalidade em sua pálpebra. Por isso faz-se primordial a higiene em sua zona óptica constantemente. A catarata é outra doença habitual nos cães da espécie, assim como a displasia da bacia e a luxação nos joelhos.
Inclusive, em determinados casos, é capaz de ocorrer alguns problemas de pele e algumas doenças hormonais.
Pelo fato de, antigamente, o cão ter sido puxador de trenó, algumas vezes é possível ser difícil andar com ele pelas ruas, em razão disso é essencial o socializar, ou caso não seja praticável, procure andar com ele na rua em momentos que estejam poucos indivíduos circulando pela rua.

Atividades e perfil psicológico da raça Chow Chow

É essencial amestrar o seu cachorro, contudo compreenda que irá ser essencial muita tolerância, entendimento e amor, contudo nunca deixe de lado a sua firmeza.
O tipo de pelo liso necessita de escovação toda semana; já o estilo mais grosso precisa ser penteado de dois em dois dias, ou diariamente ao longo da fase de troca da pelagem.
A escova precisa ser leve e flexível, a fim de que possa remover os nós. Se tiver nós, desate-os com os dedos antes de puxá-los com a escova, a fim de não lesionar o cão. E aplique banhos a cada 30 dias.
O Chow Chow pode ficar em qualquer aposento da casa, não existe necessidade de deitar do lado de fora. Ele tem que se exercitar frequentemente.
A nutrição do Chow Chow necessita de ser balanceada, com o consumo de proteínas, fibras, hidratos, gorduras, minerais e vitaminas. A melhor escolha é uma ração de excelente qualidade. O Chow Chow necessita sempre possuir alcance a uma tigela de comida e uma de água.

Os Filhotes do cão Chow Chow

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O maravilhoso pet Chow Chow

Na escolha das crias, é fundamental recordar que, na ocasião em que os filhotes de Chow Chow vêm ao mundo, têm a língua simplesmente rosada, que vai escurecendo gradualmente até que se torna totalmente “azul escuro” quando eles têm oito semanas de existência.
Ainda que eles possam ser ótimos cães de acompanhamento, não vão poder ser expostos e nem devem ser utilizados para concepção, uma vez que essa é uma falta que o desclassificaria.
Por suas características de temperamento, os filhotinhos precisam ter cursos de obediência desde bastante jovem. Esses filhotinhos não são plenamente destruidores ou endiabrados, a adestração deve ser realizada para moderar o seu impulso violento.
Até os 6 meses de idade, os filhotes devem ser nutridos de quatro a cinco vezes por dia. Com o tempo, uma alimentação diária na parte da manhã e no final de tarde já é o bastante.

Curiosidades a respeito do Chow Chow

Não se pode assegurar perfeitamente o passado do Chow Chow. O que se compreende a respeito é: São originados do Mastim Tibetano
– A raça é chinesa, entretanto Chow Chow não é uma denominação chinesa. É um termo oriundo do inglês informal para se aludir aos adornos e às importações asiáticas. Na China, a raça é chamada de Songshi Quan, que significa “cachorro leonino empolado” na nossa língua.
– Inclusive, dá para perceber se um Chow Chow não é pura raça vendo a coloração de sua língua. Caso seja mais puxado para a coloração rosa, não é uma raça pura.
Sobretudo, é essencial fazer a tosa periodicamente a fim de que os pelos não fiquem invadindo os olhos do cão e dificultando sua visão.
O Chow Chow não nada bem – Muitas pessoas imaginam que qualquer cão é capaz de nadar, mas algumas raças não nadam tão bem assim. O Chow Chow possui diversos pelos que, quando acham-se ensopados, tornam o cão mais pesado e atrapalham sua performance na água.