O magnífico Cachorro Collie – Raça de Cachorros

Origem e História do maravilhoso cachorro Collie

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O magnífico Cachorro Collie - Raça de Cachorros

A origem do Collie é questionável. Uma suposição é que a espécie poderia ter a mesma origem do Border Collie. Como estes cães tinham uma admirável serventia nos campos e nas fazendas ao povo Celta, o seu nome provém de um termo gaélico, que significa “útil”. Contudo, apenas passamos a possuir registros dos Collies a partir do século XIX.
Tanto o crespo como o liso havia nesse período, todavia originários de cruzamentos variados.Foi graças ao “Old Cockie” que possuímos o Collie do modelo crespo e, não apenas isto, mas também por ter determinado a pigmentação castanho claro. O surgimento do Old Cockie aconteceu após 1867. Neste período, a Rainha Vitória admirou-se pela raça, expandiu sua popularidade entre criadores de ovelhas e inclusive entre integrantes da classe alta, que ficaram extasiados pela beleza do cão.
Foi após o ano de 1886 que adquirimos o padrão até os dias atuais determinado à espécie. Na mesma época, como os cães pastores de ovelhas haviam ficado importantes nas Américas, os colonizadores levaram Collies para a América. Futuramente, o Collie achou um novo defensor, o escritor Albert Payson Terhune. Suas narrativas acerca dos Collies dissemiram a fama da espécie. A estrela da televisão Lassie, auxiliou a deixar o Collie áspero na raça mais procurada de todos os tempos.

Particulariedades da raça Collie

O Collie é um cão grande, de estrutura magra, todavia forte. A parte de cima do crânio é construída de forma plana com sobrancelhas arqueadas. Dispõe de um focinho preto, circular, ficando mais fino na extremidade, com um stop ligeiro, e seu crânio conta com um formato de cunha.

Os dentes costumam se encontrar com uma dentada em forma de tesoura. Os olhos de comprimento médio são amendoados. Sua orelha inclina-se para a frente e são bem minúsculas de porte 3/4. Sua estrutura corpórea é mais extensa do que alta, e seu pescoço é bem comprido. As pernas são retas. A cauda é relativamente mais comprida do que alta.

Se ajustam muito bem ao frio, devido a sua pelagem: ela se apresenta com duas faixas, subpelo e pelo. Necessita de ser penteada ao menos Três vezes semanalmente a fim de que seja removido todo o pelo quebrado, evitando embaraços e distúrbios de pele.

O Collie pode revelar-se em 3 colorações próprias: Marta, tricolor e azul merle. Nos Estados Unidos, também tem a quarta cor: o branco. Em qualquer que seja a coloração, as manchas brancas distintas da raça (na juba, patas e rabo) devem estar presentes.

Psicológico da raça Collie

Acha-se na décima sexta colocação entre os cães mais astutos do mundo, de acordo com a publicação “A Inteligência dos Cães”. Beiram a perfeição no que se refere ao trabalho. Ainda que a perfeição seja apenas com a prática regular, ao ensinar o Collie alguns comandos, ele pode assimilar tranquilamente em até 15 repetições.
Ainda assim, o Collie necessita de estímulos para que consiga se desenvolver corretamente. Não é, de forma alguma, um cachorro que deva ser deixado no fundo do quintal. As atividades físicas não precisam de ser só para estimulá-lo mentalmente, entretanto, também, para que ele queime bastante gordura e não fique com problema de excesso de peso.
Apesar de ter praticamente abandonado o trabalho no campo para ocupar posição de destaque como cachorro de companhia, o Collie tem necessidade de espaço e atividades físicas, o que faz com que se sobressaia nas competições de agility.
Se você deixou o seu Collie ter contato com outras crianças e adultos desde filhotes, pode ficar relaxado, pois esta raça tem uma maravilhosa simplicidade em coabitar com crianças e jamais vai atacá-las, sendo muito condescendente, até mesmo, com brincadeiras mais brutas. Eles podem se acostumar tranquilamente com outros espécimes e com pessoas estranhas.
Para quem intenta possuir este espécime, precisa tomar bastante cuidado e atenção, porque eles amam saltar muros e correr atrás de veículos, ciclistas, etc; fazendo com que possa se envolver em determinada situação constrangedora.

Vantagens de ter um cachorro Collie

Esta raça é maravilhosa. Muito formoso, disciplinado, está sempre junto da família e quer satisfazer seu proprietário. Seus predicados o tornam um cachorro realmente cativante. É um ser urbano, apesar de ainda possuírem exemplares em campos de pastagens na Escócia.
Os cães da raça Collie são leais, arteiros, tranquilos e defensores de seus familiares. Os Collies inclusive costumam ter um estranho senso de direção. São de boa índole e complacentes. É prudente socializar cães dessa raça, em especial se vão a locais ao ar livre e se têm contato com estranhos que, constantemente, visitem sua casa, pois são desconfiados, entretanto tomam confiança quando reconhecem a pessoa. Não são cães de índole agressiva, porém inclinam-se a ser suspeitos ou inclusive traiçoeiros com pessoas que demonstram temor.
O Collie aprecia muito mais a companhia e o afago humano do que o espaço. Eles ficam seguindo cada passo que o seu proprietário dá, percebendo e vigiando tudo a sua volta. Suportam mal uma vida em canil e costumam gostar de viver em apartamentos que possuam varandas.

Problemas habituais do Collie

Apesar de todas as variações de Collies serem fortes e saudáveis, há alguns espécimes que apresentam problemas de saúde. A Anomalia Collie Olho (C&A) é uma doença que causa um mau desenvolvimento de seu cachorro, levando a uma cegueira, e esta doença é muito normal nos Collies.
Outro problema frequente nos Collies, referente à cegueira, chama-se Atrofia Contínua de Retina, esta acarreta uma Degeneração Bilateral da Retina, suscitando uma perda gradativa da visão do cão.
Existem ainda outros problemas na saúde do Collie, como: Tireoide, determinadas alergias, Epilepsia ou inchaço, todavia estes distúrbios não são genéticos. Como não existem testes de DNA que possam avaliar esses incômodos todos eles serão capazes de ter outras causas que não são de origem hereditárias. Cabe aos criadores fazer o possível para que as raças tenham uma criação adequada e todas as espécies venham sem qualquer tipo de problema hereditário.

Atividades e perfil psicológico da raça Collie

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O magnífico Cachorro Collie - Raça de Cachorros

Ainda que não pareça, o Collie de Pelo Alongado se encaixa bem à vida interior, porém prefere viver em espaços abertos, em que pode praticar atividades físicas e descarregar toda a sua energia. Esse cachorro tem que ser disciplinado desde novo a não ladrar, pois os cachorros desta espécie podem ser muito barulhentos.
Escove duas vezes por semana a pelagem para preservar a qualidade e a beleza do pelo do seu bicho. Ao escovar, principie escovando do pelo até às costas e, de preferência, com uma escova de cerdas.
Os dentes também necessitam de cuidados regulares, entretanto podem cair em uma idade precoce. É recomendável escová-los com uma certa frequência e estimular sempre a mastigação para deixá-los saudáveis.
Uma excelente caminhada ou corrida com coleira e algumas atividades divertidas são primordiais todos os dias. O Collie é tão voltado para a família que ele é bastante mais contente coexistindo dentro de casa.

Filhotes do Collie

Os filhotes dispõem de grande energia e são profundamente arteiros. Assimilam espontaneamente, característica que tem que ser aproveitada pelo proprietário para ter em casa um cachorro disciplinado e companheiro.
Até em função dessa energia, os Collies são do tipo que é “melhor manter distraídos” e distante de seus móveis. Conceda a eles diversos brinquedos para se distraírem e não os deixe muito tempo de “mente vazia”.
Ao passo que vão ficando mais velhos, os pelos dos Collies vão modificando gradualmente. Ele começa com a pelagem macia e, com o passar do tempo, vai tornando-se mais crespo até chegar à consistência definitiva.
Ao mesmo tempo em que dominadores, os filhotinhos de Collies são bastante afetuosos e calmos, coexistindo bem com os homens. Vez ou outra apresentam este comportamento de pastoreio inclusive com os homens por causa disso carecem de ser instruídos a não fazer isso.

Curiosidades a cerca do Collie

A espécie Collie ficou conhecida graças a um programa de TV. A cadela Lassie resgatava Timmy de caídas em poços de minas, rios e areia movediça;
– Se criados com muita insensibilidade e ignorância, o Collie pode ficar depressivo e extremamente infeliz;
– A rainha Victoria possui seus créditos por tirar o Collie da obscuridade. Graças a uma de suas visitações em suas propriedades na Escócia, no ano de 1860, ela ficou maravilhada com a beleza e com a personalidade deste espécime. Ela trouxe um Collie à Inglaterra, fazendo com que esta espécie se disseminasse por todo o país;
– Baba foi uma cadelinha da espécie Collie, sendo adotada pelo par Elvis e Priscilla Presley;
– No período de 1903 Edgar Rice Burroughs, mais famoso por sua criação do personagem principal Tarzan, tinha um Collie branco chamado Raja;
– Um dono encantado por seu Collie e muito agradecido pelos anos de amizade e afeição resolveu gravar uma canção chamada “Bron Y Aur Stomp”, em tributo a seu relacionamento com o seu cachorrinho Collie Strider.